Teste internacional de amplificadores na Alemanha
As principais marcas internacionais estavam presentes. Resultado? Studio R na cabeça! Confira:

Por iniciativa do respeitado forum alemão de áudio profissional 2sound.de, encontros vem sendo realizados para testes comparativos entre alguns amplificadores famosos do mundo todo. (clique nas imagens para ampliar)


Duelo de titans: Lab-Gruppen, QSC, Camco, Studio R
e RAM Audio entre outros. Caixas e sistemas diversos.

Diversos profissionais e membros do forum reunem-se para testes a toda prova, utilizando equipamentos de medição e critérios técnicos extremamente sérios e muito conhecimento sobre o assunto. Para não haver dúvidas, são utilizados diversos sistemas e combinações de caixas e os amplificadores são testados e re-testados em todas as condições.


Os amps são testados exaustivamente em diversas
configurações e com músicas e sinais muito variados.

Algumas da marcas e modelos mais modernos e potentes analisados e comparados nos testes do site foram:

- Lab-Gruppen fP6400
- Lab-Gruppen fP+13000
- Camco Vortex
- QSC PLX e PL
- Camco Tecton
- Digam Powersoft
- LDPA 1000
- RAM R1500
- RAM DQL
- RAM DQX
- Crown I-Tech 8000
- Studio R X5
- Studio R X8
- Studio R Z10
- Studio R ACE2400

Os primeiros encontros a contar com a participação dos amplificadores Studio R foram realizados a partir de Junho de 2006, sendo que os resultados e opiniões de cada um dos presentes, assim como detalhes dos testes, ficam publicados em links do próprio forum. O link com a cobertura do primeiro teste envolvendo os Studio R é um bom exemplo: www.2sound.de/musiker-forum/das-tamaris-pa-forentreffen-in-mannheim-rheinau-2805-t8552.html


Muito empenho na montagem e técnica, mas improviso na hora do lanche.
Pra variar, até a polícia apareceu. Certas coisas são praxe no mundo todo...

O link contém diversas fotos e mais de 80 comentários completos e detalhes publicados (de próprio punho e no idioma original) por mais de uma dezena de profissionais europeus presente no encontro e totalmente imparciais e isentos.

Quem puder traduzir e ler atentamente todos os posts e tópicos de testes, verá que os Studio R foram considerados dentre os melhores em potência e timbre em todos os casos e comparações, sendo ainda uma unanimidade e vencedor absoluto no quesito graves e subgraves. Para os não familiarizados com o idioma, aqui vai um resumo em inglês enviado pelo moderador do forum, Mr. Jens DröbBler, a respeito dos principais amplificadores já testados nestes encontros e suas avaliações finais resumidas:


"Hello Studio R,

I would like to inform that the satisfaction with your products remains great and people are even more and more interested by your equipments(...) We also did a public comparison in the bass range between Lab Gruppen fP6400, RAM DQX7.0, the X8 and the Z10. We set them to the same output voltage (around 2V rms) at 50Hz, so that all amplifiers get a fair chance, then turned up the controller by 10dB to get some power out of them and compared with various music on various subwoofers (each music track on each subwoofer with each amp, it took quite a while...). The Studio Rs were the winner, followed by the Lab Gruppen (with less deep bass and control), which was followed by the RAM DQX7.0 (less bass than the Lab Gruppen at all).

If you find these information useful, I can gather some statements from the people who took part in this test (In fact the RAM DQX owner now sells his amps in favour for some X5s).(...)

This is a pout-pourri of the general impressions of our members about some other amplifiers we tested:

- The Camco Vortex: Cheap housing, almost no buffer, non-regulated SMPS, SMD at the output stage.... and there is NO weaker amp on bass in this price range (tested many many times)! Spend a little more ang get a better one.

- I-Tech: are nice amps, but we find it very annoying, that they have LESS power at 2 ohms than at 4 ohms (~3300W at 2 ohms vs. 4000W at 4 ohms), so you have to set the limiters in any case (Imagine, unpluggins 2 of the 4 cabs per channel, no the power RISES but is distributed to only two cabs!).

- The QSC PL6.0PFC: was a very good amp, but unfortunately it isn't available anymore. It was made in Canada and was very high quality, many good features inside. The now available PL6.0II is made in China, has no PFC supply, is much weaker on bass and nowhere next to the old quality QSC was known for in earlier times....

- The DigAms: very light, very compact (1RU) but very deep (in fact you can't use standard racks. The DigAms backside won't be inside the rack...). In addition to that, the amplifiers power rating is only valid for about 10 to 15 seconds, after that the supply will reduce the output to around 500 to 800W per channel (depending on the model), because the supply can't sustain high currents any longer (it's designed that way). You won't have any problems with rock music or pop, but if you do bass heavy stuff like some techno styles or D'n'B you WILL notice the reduction of power.

- Studio R X8: a brazilian brand of high quality, high power amplifiers with almost incredible specs. They aren't as expensive as Crown, QSC, LAB Gruppen or similar, but are of similar quality and higher power. We tested most of them versus the Studio Rs and each other with remarkable results.

Conclusion:

In general, depending on the music you play, you can or cannot run 2x2500W per channel from a digital amplifier on a 13A plug, for example. If you have rock music with high crest factors in bass, yes, it is possible. If you play D'n'B, it's pretty much impossible. The power has to come from somewhere.... A DigAm would be good at this, because the supply will reduce output power instead of drawing more current from the mains... on the other hand, that means you can't reproduce the sound in its full dynamics....

Also, I won't recommend bridging amps. There are very few amps that can give you the same sound quality and 'linear rising' power in bridge mode as in stereo mode, very very few.....

At this point, the Studio R's are simply unbeatable! Those workhorses can handle almost everything...."

Para os que não estão também familiarizados com o inglês, traduzimos os pontos mais relevantes:

"Olá Studio R,

Escrevo para informar que a satisfação com vossos produtos continua grande e cada vez mais pessoas se interessam pelos equipamentos(...) Nós também fizemos uma comparação pública na faixa de graves entre o Lab Gruppen fP6400, RAM DQX7.0, X8 e o Z10. Nós ajustamos todos para a mesma voltagem de saída (por volta de 2V RMS) em 50Hz, de modo que todos os amplificadores tivessem uma chance justa, e então subimos o controle em 10dB para obter potência deles e comparamos usando diversas músicas em vários subwoofers (cada música, em cada subwoofer com cada amplificador, isso levou um bom tempo...). Os amplificadores Studio R foram os vencedores, seguidos pelo Lab Gruppen (com menos profundidade nos graves e menos controle), que foram seguidos pelo RAM DQX7.0 (menos grave que o Lab Gruppen no total).

Se vocês acharem esta informação útil, Eu posso tomar depoimentos das pessoas que tomaram parte deste teste (De fato, o proprietário do RAM DQX vendeu seus amplificadores em favor de alguns X5).(...)

Este é um "apanhado" das impressões gerais de nossos membros em relação a alguns outros amplificadores já testados:"

(Traduziremos agora somente a parte referente ao X8 Studio R. As opiniões expostas sobre todos os amplificadores listado, inclusive os Studio R, são de total responsabilidade do forum Alemão 2sound.de, seus membros e moderadores.)

"Studio R X8: marca brasileira de amplificadores de alta qualidade e alta potência com especificações quase inacreditáveis. Eles não são tão caros quanto os Crown, QSC, Lab Gruppen ou similares, mas são de qualidade semelhante e alta potência. Nós testamos a maioria deles comparando cada um aos Studio R com resultados notáveis."

Após isso, o moderador do forum alemão faz considerações adicionais sobre as limitações de certos tipos de amplificador em tolerar fatores de crista baixos, manter suas potências nessas conções, manter o consumo em níveis viáveis, manter a dinâmica e qualidade do som e etc, e acrescenta:

"Nesses pontos, os Studio R são simplesmente imbatíveis! Esses "cavalos de trabalho" podem aguentar quase tudo...."

Quem quiser uma tradução completa, basta solicitar via e-mail: studior@studior.com.br


Obrigado a todos pela atenção e sigam o exemplo! Testem e comparem produtos sempre com critério, seriedade e participação de outros profissionais que possam contribuir também com sua opinião e atestar os resultados. É a melhor e mais segura forma de escolher onde irá investir seu capital, sem ser enganado ou se arrepender depois...

www.000webhost.com